segunda-feira, 7 de janeiro de 2013


Razão ou emoção?

9 visitinhas:

  1. Já aconteceu isso comigo, querida. Fiquei pensando dias e dias... rsrs
    Essas crianças....

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Puxa...da vontade né? Rs.

    Eu quero ter outro filho porque penso como essa menininha. Sei lá, quero que o Álvaro tenha alguém além dos pais.

    Bj!

    ResponderExcluir
  3. Ai amiga que difícil, imagino como ficou sua cara, e depois ficou horas pensando sobre isso. Eu morro de vontade de ter outro, mais ainda não sabemos, pois é muito complicado, gera muito gasto, e sempre queremos dar o melhor... Bjs
    Vivi e Isaac
    Tenham uma linda semana :)

    ResponderExcluir
  4. Entendo plenamente. É sempre um dilema.
    Nunca desejei mais de um filho, mas foi só o Bê nascer que comecei a mudar de ideia.
    Só acho que nem sempre ter irmãos é sinônimo de ter um companheiro, amigo de partilhar a vida, sabe?! Existem irmãos que são apenas um laço de sangue. Conheço os dois tipos.
    Por isso, sempre pensei que se for para ter outro filho, será porque nós, pais, desejamos e porque podemos arcar com esse desejo. Mas não com a expectativa de gerar um companheiro para o Bê, porque não existe essa garantia...
    Não sei se dá para entender, parece radical, eu sei.
    A gente faz tudo pelos nossos filhos e tenta criá-los para serem os mais unidos que possa existir, mas... Sempre pode existir um mas.

    ResponderExcluir
  5. Estou grávida novamente exatamente por esse motivo. Cresci com 4 irmãos e sei como são importantes na nossa vida. Minha filha (5 anos) vivia pedindo um irmãozinho, realmente brincar sozinha é triste.

    ResponderExcluir
  6. Ai ai ai...
    Essa menina conseguiu fazer um comentário bem profundo né...
    Olha Adriana, eu dou o maior apoio pra fazer um irmãozinho pro Theo! O melhor presente que você pode dar pra ele!
    Beijos!
    Não esquece que agora estou só nesse blog aqui: www.asosmamaenadia.com

    ResponderExcluir
  7. Primeiro:
    Um ótimo 2013 pra vcs, que esse ano seja cheio de alegrias!!!

    Aiiiinnn, que vontade dá mesmo de ter um segundinho neh? Todas sabemos como é bom ter um irmão, é um elo de família eterno! Mas lá em casa, não pretendo...
    É uma decisão bem complicada. O primeiro, ssempre quis, decidimos fácil! Já o segundo...

    Bjão!

    ResponderExcluir
  8. Eiita hein!e agora?será que o Theo quer um irmãozinho pra brincar?
    ^^
    bj* da Elaine

    ResponderExcluir
  9. Ai.. que dorzinha no coração hein, Drih? rs

    Aqui estamos planejando a vinda do próximo. Meu marido é filho único e vive falando que quer dar pelo menos 1 irmãozinho ao Miguel. Eu, como sou a caçula de 4 mulheres, super apoio porque sabemos que ter irmão(ã) é uma experiência única e de um laço eterno, né?
    Mas com certeza isso vai de cada um!!
    Beijos e que lindinho o Theo!!!

    ResponderExcluir

Obrigada por compartilhar sua opinião. Em breve retorno sua visita. Beijos Adri & Theo