quarta-feira, 2 de maio de 2012


Um protetor para ouvidos inexperientes.......dicas parte I

16 visitinhas:

  1. Adri, concordo com TUDO o que vc disse. TUDO.

    Realmente, a poltrona continua sendo minha melhor amiga, inclusive a almofada de amamentação, pois eu sempre apoio o meu braço, sempre!!

    Eu amamentei menos do que gostaria e se tivesse tido uma ajuda especializada acho que estaria amamentando até hoje. Pq eu tive "pouco leite", mas não sei se foi isso mesmo... hoje eu contesto todos os diagnósticos de olho. E jamais colocaria para mamar de 3 em 3 horas.... jamais.

    Eu usei essas conchas, que são TUDO na vida da nutriz. TUDO. Meus seios não doeram NADA, foi super tranquilo amamentar os 3 meses.

    Adorei!

    Que venham mais posts!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Gostei demais! Gostei porque foram dica práticas condizentes com a realidade da maioria das mães!
    Meu médico nunca tocou no assunto amamentação comigo e eu aprendi na prática, na hora do vamos ver!
    Manuella Graças a Deus nasceu sabendo mamar e mamou até os 4 meses! Também acredito que fui vítima do "pouco leite", e acho que poderia ter amamentado mais. Só vou ter certeza disso se tiver um próximo filho e estando mais calejada, poder ouvir menos palpites da pediatra...rs...
    Manu tb nunca rejeitou a mamadeira... o negócio dela era comer vindo da onde viesse! kkkk

    Bjssss

    ResponderExcluir
  3. Ao Miga se tivesse visto esse post quando estava gravida ia ajudar Tomare que ajude muitas mãezinhas rs bjuuus!

    ResponderExcluir
  4. Eu queria tantoooooo ter passado por essa experiência...

    ResponderExcluir
  5. E deu conselhos com muita propriedade!! ;)

    ResponderExcluir
  6. Excelente post Dri!!!
    Beijos
    www.jeitinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Sábios conselhos, com certeza irá ajudar muitas mamãe inexperientes

    ResponderExcluir
  8. Só até os 4 meses? Tão pouquinho!! Bebês precisam mamar pelo menos até 1 ano! Porque deu a ele fórmula, tão cedo?

    Meu primeiro filho mamou até mais ou menos 1 ano e 2 meses, e hoje com seis anos, não adoece de nada. Super forte e saudável. Enquanto isso, seus primos, que mamaram só até 4 e 6 meses, têm alergias, bronquite, vivem adoecendo, tendo febre... Meu irmão, que mamou até não aguentar mais, nunca adoeceu na vida. Minha irmã, que mamou só até os 4 meses (na época amamentação era menos estimulada, a licença maternidade era bem menor, não tinha muito como tirar leite...), pegou várias doenças na vida, inclusive pneumonia.

    Meu bebê mais novo, hoje com 4 meses, ainda mama, só leite materno e mais nada, nem água, e pretendo manter assim até ele não aguentar mais. Mesmo quando começar a ingerir outros alimentos, vou continuar a amamentação. Leite materno só seca por pouco estímulo. Não existe pouco leite, não existe leite fraco, existe falta de informação.

    E Bruna Dofen, pediatras não dão palpites, eles dão conselhos! São especialistas em bebês e crianças, e em lactação também! A causa de muitos erros de mães inexperientes é justamente não ouvir ao pediatra! Tantos erros poderiam ser evitados... E os bebês mamariam por muito mais tempo, sem fórmulas.

    ResponderExcluir
  9. Dri, também tirei na bombinha no início pois não tinha bico, o meu entrou depois do parto. E Arthur mamava no peito e na mamadeira. Depois a transição foi super tranquila.
    A minha almofada de amamentação foi minha mãe que fez, ficou super legal. E usei as conchas também, elas me ajudaram a formar o bico também.
    Ótimos conselhos! Parabéns!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Patricia....corrigindo....ele mamou exclusivamente ate 4 meses e meio...quando perdeu peso,,,,tive que recorrer a formula para ele continuar o ganho de peso,....ele mamou no peito ate 8 meses e parou quando nao tinha mais ...devido a volta ao trabalho meu leite diminuiu muito....

    ResponderExcluir
  11. é verdade é só a gente dá a noticia que estamos grávidas que o que mais "chove" são palpites, alguns servem outros nao

    beijos Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Adorei seus conselhos e concordo com tudo!
    Uma pena que não tive tanta sorte como você e falo disso na minha postagem. Depois dá uma passadinha e vê :/

    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  13. Dri adorei o post...
    O que funcionou para mim foi a preparação dos seios para amamentação. Usei as conchas desde o 5º mês de gestação e eu não passei nem sabonete nos bicos e auréola desde que descobri estar grávida. A Laura era uma "mamadora profissional"...rs E meu seio NUNCA doeu nem um trisco...
    Agora eu não comprei poltrona por falta de espaço, mas comprei aquele triangulo de espuma que me ajudou muito no encosto... E a almofada é imprescindível... Usei para apoiar a Laura para sentar também...hahaha
    Agora pitacos.. Esses vem de todo lugar... :(

    Beijocas
    Carol

    ResponderExcluir
  14. Oi, adorei seu blog!
    Infelizmente eu não tive o mesmo sucesso na amamentação, mas o pouco que amamentei foi muito prazeroso!
    Eu também comprei a almofada de amamentação e ela me foi muito útil, inclusive nos processos de cólica de Heitor!
    Confira meu blog: http://peripeciasdeheitor.blogspot.com.br/.
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Excelente post, muito esclarecedor, acho muito importante falar sobre amamentação, é mágico e maravilhoso amamentar, amamentei minhas 4 princesas com muito amor e alegria.
    beijos
    maede4princesas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi gente, minha filha vai fazer 1 ano e 4 meses e mama no peito de manhã e à noite. De tarde entrei com um mingau de ninho 1 e mucilon. Acho que tudo tem o momento certo pra acabar ou mudar de fase. Nunca tomou uma mamadeira de leite, só chuquinha qdo era bebê e eu precisava sair....Ainda usamos a poltrona e a almofada, é um momento carinho nosso, todas as noites, com musiquinha e carícias, acho que qdo tiver que acabar, eu vou sentir mais do que ela....rsrs Fico muito feliz de poder viver esse momento mágico é só nosso!!!! Bjos, Camila

    ResponderExcluir

Obrigada por compartilhar sua opinião. Em breve retorno sua visita. Beijos Adri & Theo