sábado, 24 de março de 2012


Uma coisa para se pensar....

9 visitinhas:

  1. Isso de elevador pra carrinho de bebês, idosos e cadeirantes, deveria ser lei... aqui no Rio tb odeio ir ao shopping por isso, o tempo que gasto para ir de um andar ao outro me irrita tanto que desisto... Outro dia uma mulher ficou entalada na escada rolante com o carrinho do bebê e quase deu problema serio, mas é por isso, impossivel ficar transitando e esperando elevador horassss em um shopping pra poder subir e descer... aff super concordo... beijos

    ResponderExcluir
  2. Os elevadores de shopping, hipermercados e afins, SÃO de uso prioritário (senão exclusivo) para: gestantes, pessoas com crianças de colo e pessoas com deficiência. Mas né, quem é que respeita?
    Sinto vergolha alheia desse nosso Brasil, de verdade!!!

    beijo pra vcs!

    ResponderExcluir
  3. E olha que a dificuldade só aumenta se antes gravida era pior com criança no colo pior ainda amiga já passei por uns que p**** é complicado o povo anda sem noção de certas coisas...amei a sua postagem de hoje.

    beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  4. Vi seu link no mamaes corujas e passei pra deixar um oi! Olha, moro na Holanda e apesar de ter vagas exclusivas pra "familia", conseguir estacionar é missao impossivel, os elevadores deveriam ser de uso exclusivo tb mas nao é, fila preferencial pra idosos, gestantes e afins nao existem, assento preferencial tem, mas como ta cheeeeeio de velhinhos por aqui, a gestante ou a mae com bebe no colo perde a preferencia, e nos demais assentos é raro alguem ceder. Vi cenas parecidas em muitos outros paises da europa e vi tb nos USA, assim sendo.... nao se envergonhe com o Brasil, o desrespeito ta indo longe! Beijocas e bom domingo! PS: acredito que seria bem mais facil e barato comprar os bicos online, eu sempre uso a Amazon, mesmo aqui o preco onlline é melhor.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ingrid....pois é......também morei fora e trabalhei muito tempo na Europa...na Espanha, em Gibraltar as coisas sao bem diferentes....tinha muita saudade da minha terra mas qdo acontece essas coisas dá vontade de voltar correndo.....
    Obrigada pelo comment querida....bjus

    ResponderExcluir
  6. Já comentei isso no meu blog também. Temos a mesma dificuldade! Acho a maior falta de respeito... tem até plaquinha na porta do elevador falando que é preferencial para pessoas com deficiência, gestante, idosos, carrinhos de bebê. O uso de escada rolante para quem esta com carrinho de bebê é proibido (tem um X enorme na lateral das escada!)
    Já arrumei até briga em shopping por conta disso! Os “espertos” sempre entram na nossa frente e depois não dão espaço para o carrinho entrar. Fico revoltada com isso.
    Eu amo ir ao shopping. Vou todo final de semana em pelo menos um, mas isso esta me incomodando. Alguns shoppings estão colocando seguranças na frente do elevador para auxiliar, mas não esta funcionando muito... =/
    É difícil corrigir a falta de educação dos adultos, né?!
    Bjos querida.

    ResponderExcluir
  7. Como disseram na situação de gravida já é complicado que as pessoas cedam vagas etc , imagina com um bebê! Só quem passa por essas situação de necessidade e dificuldades entende! Num congresso medico mês passado tive que sair da sala lotada com minha barriguinha de 6 meses pois ninguém se levantou para ceder o lugar! Não é frescura! Por mais que gravidez nao seja doença e aparentamos estar super bem... A pressão que o útero faz nas irrigação e drenagem dos motos inferiores promove uma hipotensão!!! Alem do que aumenta o risco de varizes!

    ResponderExcluir
  8. Francamente, eu odeio São Paulo, só tem pessoas mal educadas e sem cultura alguma...Povinho sem noção, tenho pena das pessoas que realmente tem caráter que moram aí!!!

    ResponderExcluir
  9. Realmente é triste a falta de educação e respeito das pessoas hoje em dia. Ninguem se preocupa em fazer o bem ao proximo então deveria virar lei.
    beijos
    maede4princesas.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por compartilhar sua opinião. Em breve retorno sua visita. Beijos Adri & Theo